Denisol.WordPress

Cabeça Dinossauro

Posted in Londres, Música, Vida by denisol on junho 26, 2008
St John's WoodVista da minha janela © Denisol

Hoje acordei muito cansada. Ultimamente tenho feito tantas coisas que os dias tornaram-se muito curtos. Além de trabalhar, escrever em blog, ler blog, comentar em blog (além de outras tarefas digitais incluindo emails, facebook, flickr, etc), ir à academia, fazer compras, também é preciso manter a casa em ordem, o que é uma tarefa hercúlea, coisa que eu não faço há tempos. Imaginem agora o estado de organização das minhas coisas. Meu guarda-roupas = caos. Só não tem bicho lá porque tenho uma santa ajudante que deixa a minha casa sempre limpinha!

Todo esse parágrafo foi só para falar que todas as vezes em que eu acordo completamente cansada, lembro-me da música dos Titãs: “Tô cansado!”, onde Branco Mello, sem pudor algum, grita, dentre outras coisas:

Tô cansado do meu cabelo
Tô cansado da minha cara
Tô cansado de coisa vulgar
Tô cansado de coisa rara
Tô cansadooooooooooooooooo-ô… Tô CANSADO!

Cabeca dinossauroTitãs –
Cabeça Dinossauro

O disco Cabeça Dinossauro é um clássico, um ícone. Gravado em 1986 – bem no meio do que considero a pior década da história musical – logo após a queda da ditadura, a impressão que se tem é de que toda a revolta acumulada pela turma de Arnaldo Antunes foi colocada para fora assim, de repente, nesse disco.

É uma agressão gratuita atrás da outra. Com faixas como Polícia e Igreja, eles não perdoaram ninguém. Rebeldes sem causa? Pode até ser. Mas a não-causa deles criou o melhor disco de rock da história da música brasileira.

6 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Barbrinha said, on junho 26, 2008 at 10:24 am

    Por isso que gosto de vir aqui, aprendo sempre alguma coisa……yessssss

    Tem dias que a preguica me mata tambem, odeio rotina e quando ela comeca a tomar conta da minha vida…..tento mudar rapidamente, senao……

    E se vc olhar para casa tem sem alguma coisa para se fazer….socorroooooooooo…….

    Beijos e fiquem com Deus

  2. Luis (Mack) said, on junho 26, 2008 at 1:39 pm

    Putz … eu nem curto Rock mas me lembro muito bem dessa época, as festinhas que eu freqüentava na época, era obrigatório tocar este Disco. Muito bom mesmo !

  3. Fernanda França said, on junho 26, 2008 at 4:21 pm

    Ótimo o disco e essa época de Titãs. E… bom… tô cansaaaaaaadaaaaaa! (risos)

  4. joaoccc said, on junho 26, 2008 at 10:44 pm

    Voce nao viu nada. Os titas ainda estavam por lancar o “O Blesq Blom”, com a historica “O camelo e o dromedario” e “O Pulso” (ainda pulsa), e depois ainda o “Tudo ao mesmo tempo agora, que trazia as inesqueciveis “Clitoris”, “Flat Cemiterio Apartamento” e “Saia de mim”.

    Titas foi a melhor banda que ja apareceu no brasil. O unico erro deles nao foi ter desaparecido…. A nova geracao agora associa titas a essas breguices de “e preciso saber viver”, e “me diga se voce ainda gosta de mim”, e coisas tao deprimentes quanto.

    Bom, para mim titas sempre vai ser quele do cabeca dinossauro!!

  5. Felipe Cotta said, on junho 27, 2008 at 5:39 am

    Belo post. Esse disco realmente é um marco. Até o Tudo ao mesmo tempo agora, foi clássico atrás de clássico e eu endosso aqui as palavras do meu irmão.

    E porrada nos caras que não fazem nada!!!!!

  6. Renata Assis said, on julho 1, 2008 at 12:56 am

    Oie! Achei seu blog pelo blog da Barbara! Amei! To aqui vidrada lendo tudiiiiiiinho! Tudinho mesmo…… hehehehe
    To passando um recadinho mesmo soh pra me apresentar e dizer que vou te colocar na minha lista de favoritos, tah?
    Beijinhos.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: