Denisol.WordPress

Religião

Posted in Vida by denisol on junho 24, 2008
VaticanoO Vaticano e toda a sua imponência
© Denisol

Dizem que futebol, política e religião não se discutem. Eu concordo. Mas não posso negar que ADOOOORO discutir esses temas (entre outros, claro). Primeiro porque tenho uma opinião formada sobre tudo. Segundo porque sou uma metamorfose ambulante e vivo mudando de opinião de acordo com as informações novas que vou recebendo (e digerindo – o que, cá entre nós, não é uma tarefa muito fácil).

No Brasil, eu já convivia com algumas religiões diferentes: durante os anos de colégio, eu tinha um colega muçulmano, do qual eu morria de fliksk porque ele era dispensado das aulas de Ensino Religioso. Mal sabia eu que essas aulas mudariam o sentido da minha vida (já explico o porquê).

Templo Zu LaiTemplo Zu Lai © Denisol

Durante a faculdade, experimentei o contato com todos os tipos de evangélicos possíveis, aprendi inclusive as diferenças entre as doutrinas de cada uma das facções evangélicas. Tenho incontáveis amigos judeus, e minha mãe é a pessoa mais católica do cosmos. Carola mesmo. Daquele tipo que vai à missa todos os dias (pois é, tem missa todos os dias. Eu também pensava que era só domingo).

Pois eu estudei em um colégio de freiras norte-americanas. Nas aulas de Ensino Religioso, debatíamos passagens bíblicas, discutíamos sobre outras religiões, a origem do mundo, etc. E, durante uma aula em 1993 (eu estava na terceira série), o Professor José Antônio questionou a existência de Deus. Creio que nenhum dos meus outros colegas de 9 anos de idade prestou atenção, ou até mesmo entendeu o que ele estava falando. Mas eu nunca mais esqueci aquele momento, que com certeza marcou a minha vida.

Nasir-almolk by Maryam.zMesquita Nasir-almolk, em Shiraz – Irã
© Maryam.z

Como todo bom brasileiro, tenho formação católica. Sou batizada, fiz primeira-comunhão. Parei por aí, pois depois daquela aula, a religião católica não servia mais para mim. E assim segui a minha busca religiosa. Sempre estudando e pesquisando. E quanto mais eu estudo e aprendo, menos acredito em encontrar alguma religião que sirva integralmente para mim.

Assim sendo, eu sou de todas as religiões, e ao mesmo tempo de nenhuma.

Respeito e me emociono com todas, aproveito para mim o que considero melhor de cada uma, seja na filosofia, na doutrina, na cultura.

Aplico essas coisas boas no meu dia-a-dia e deixo a vida me levar (vida leva eu)!

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Fernanda França said, on junho 24, 2008 at 5:39 pm

    Penso muito igual a você. Gostei do post e daqui. Um beijo.

  2. joaoccc said, on junho 24, 2008 at 10:41 pm

    Pera la. OU voce e uma metamorfose ambulante, OU tem aquela velha opiniao formada sobre tudo.Como diria o messias brasileiro, Raulzito – que Deus (seja la quem for ele) o tenha.

  3. Barbrinha said, on junho 25, 2008 at 10:41 am

    Eh de pessoas assim que o mundo precisa……

    Mesmo tendo a minha religiao, me dou bem com todos e amo saber sobre cada uma, o importante eh o respeito pelo proximo, o resto eh festaaaaaa….

    Beijos e fiquem com Deus


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: